Publicidade
reduza95-z8.jpg
+55 19 99876-4100 | 19 3515-0261
comercial@itpindustrial.com.br
08
Janeiro
2021
0
Carros elétricos impulsionam demanda por energia solar

Carros elétricos impulsionam demanda por energia solar


Criado: 08 Janeiro 2021 | Atualizado: 08 Janeiro 2021
Tamanho da fonte
pequena
normal
grande
Versão para impressão
imprimir
Metas de redução de combustíveis fósseis estimula a produção desses veículos no mundo e por consequência eleva interesse pela tecnologia fotovoltaica

O cerco ao carro a gasolina ou a diesel por conta dos feitos nocivos ao meio ambiente está impulsionando a produção de carros elétricos no mundo. Esse crescimento também impulsiona o mercado de energia solar, conectado ao desenvolvimento do setor de mobilidade, sobretudo pela gama de carregador e gerador solar fotovoltaico para os novos carros elétricos.

No Brasil, em 2030, segundo a Boston Consulting Group (BCG), os carros elétricos vão representar 5% da frota brasileira, com vendas de 180 mil unidades ao ano. Miguel Setas, CEO da EDP Brasil destaca que como o Brasil é muito grande, qualquer porcentagem é muita coisa. “Somente a fatia de 5% do mercado já representa 2 milhões de carros e cerca de 400 mil pontos de carregamento, incluindo postos de abastecimento e, principalmente, sistemas de carregamento residenciais integrados a baterias ou geradores de energia solar”, avalia.

A Tesla já comercializa no mercado americano esse tipo de bateria integrada a energia solar. Apesar de um automóvel elétrico fazer a conta de luz disparar, o gasto com o abastecimento do carro é 25% inferior ao de um veículo a combustão.

A gasolina e o diesel ainda movem cerca de 90% dos novos carros vendidos no mundo. Mas o mundo já caminha para zerar a produção de combustíveis a gasolina ou a diesel. Segundo estudo do Boston Consulting Group (BCG), a soma de modelos elétricos e híbridos passarão dos atuais 10% para 51% das vendas globais em uma década. O estudo foi realizado antes da pandemia, que deve acelerar projetos de carbono zero.

No mês passado, a Inglaterra anunciou a antecipação, para 2030, da proibição de venda de novos carros movidos a gasolina ou diesel. O Japão também deve anunciar em breve uma proibição parecida, que entraria em vigor em meados de 2030. A China prevê colocar em vigor essa regra em 2035. Nos Estados Unidos, o Estado da Califórnia informou em setembro que, também a partir de 2035, veículos novos movidos a gasolina ou diesel estarão fora do mercado. “O cerco está se fechando para que os países reduzam o uso de combustível fóssil”, diz Jaime Andrade, sócio da PwC Brasil.

Por aqui, na avaliação de Viviana Coelho, gerente executiva de mudanças climáticas da Petrobrás, a tendência é que a transição energética para uma economia sem emissões de gases efeito estufa não será rápida. “O petróleo ainda terá espaço por muitas décadas para produtores eficientes. Há mais de uma década a Petrobrás tem a transição energética no radar, com perfeita consciência da tendência de redução da demanda e do preço do seu principal produto, o petróleo. Mas, neste momento, vamos continuar apostando no petróleo focado apenas a projetos resilientes ao novo cenário de preços baixos”, explicou.

Recentemente, a NextEra, uma das maiores geradoras globais de energia solar e eólica, chegou a ultrapassar, em valor de mercado, a petroleira ExxonMobil, maior empresa privada do mundo. No mesmo caminho, a fabricante de carros elétricos Tesla está valendo mais que a Toyota, Volkswagen, GM, Ford e Fiat Chrysler – empresas em que o carro movido a combustível fóssil ainda é majoritário.

Para que de fato essa transição aconteça, o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Carlos Moraes, defende que o governo brasileiro deve correr para monetizar de forma rápida os ativos que estão debaixo do mar – o petróleo do pré-sal, antes que seja tarde. No entanto, a velocidade de troca dos carros a gasolina e diesel por elétricos no Brasil não será igual à da Europa.

Para a implantação do sistema de energia solar fotovoltaica, em seu posto de combustível, comércio ou indústria, conte com a ITP! A conexão com o seu futuro em energia solar.




Fonte: portalsolar.com.br

Faça um orçamento!

Economize até 95% na sua conta de energia!

Cadastre-se!

Fique por dentro das principais novidades.


Avaliação

Deixe sua avaliação
Comentários
0
Deixe seu comentário

Comentários

Faça parte da notícia, deixe seu comentário, expresse sua opinião.
E-mail protegido, também não gostamos de SPAM
Sua mensagem foi enviada com sucesso!

WhatsApp