Publicidade
reduza95-z8.jpg
+55 19 99876-4100 | 19 3515-0261
comercial@itpindustrial.com.br
Entenda tudo sobre a arquitetura solar e seus benefícios para o Brasil

Entenda tudo sobre a arquitetura solar e seus benefícios para o Brasil


Criado: 26 Abril 2021 | Atualizado: 26 Abril 2021
Tamanho da fonte
pequena
normal
grande
Versão para impressão
imprimir
Passou a não fazer mais sentido projetar uma nova arquitetura sem levar em conta a energia solar. O melhor momento para pensar na integração dos sistemas é justamente durante a fase de concepção de projeto.

Não é desprezível o consumo de eletricidade das edificações, tanto durante sua construção quanto ao longo de toda sua vida útil. De acordo com o Balanço Energético Nacional de 2020, 52% da energia elétrica consumida no Brasil foi utilizada em edificações dos setores residencial, comercial e do poder público. Na busca por um futuro mais sustentável, é preciso repensar o “edificar” para tornar a arquitetura mais eficiente energeticamente.

Neste contexto, a arquitetura solar está se tornando uma tendência mundial. Os avanços na tecnologia solar fotovoltaica aumentaram significativamente a eficiência dos módulos e a estética está cada vez mais atraente para a integração arquitetônica. Mas o que ainda impede que a tecnologia solar fotovoltaica faça parte dos projetos arquitetônicos de forma mais presente? Aqui estão os receios mais comuns:

1) medo do desconhecido;
2) medo de usar errado;
3) medo de deixar feio;
4) medo do sombreamento;
5) medo do investimento inicial.

Tais temores são compreensíveis. De fato, apostar no desconhecido, na inovação, pode dar medo. No entanto, esta tecnologia, usada e aprovada por muitas décadas e muitos setores diferentes, já está madura o suficiente e já há vasta experiência real em sistemas fotovoltaicos instalados, em todos os continentes do mundo. Além disso, é preciso pesquisar empresas instaladoras especializadas e qualificadas para guiar os interessados pelo caminho de forma mais segura e tranquila.

Com isso, elimina-se também o medo de usar errado. Não existe apenas um modo de usar os módulos fotovoltaicos. Há muitas opções em que os módulos apresentam um alto desempenho, mas é sempre necessário contatar uma empresa instaladora com experiência em projetos personalizados e eficientes.

E é justamente isso que elimina o terceiro medo, o de comprometer a estética arquitetônica. Existem soluções incríveis para fachadas, pergolados, brises, sheds, coberturas planas ou até curvas. Graças à enorme versatilidade da tecnologia solar fotovoltaica, não há limites para a criatividade!

Então nos deparamos com o quarto medo: o sombreamento. Sim, o sombreamento interfere na geração de energia elétrica. No entanto, muito avanço nesta área já foi feito e hoje é possível escolher tanto módulos quanto inversores mais adequados a cada padrão de sombreamento. Por exemplo, dimensionar sistemas com módulos half-cell, inversores com múltiplos MPPTs (seguidores do ponto de máxima potência), otimizadores de potência, microinversores, entre outras soluções.

Por fim, tem-se o quinto e último medo: os custos. O investimento inicial é, de fato, o maior custo de um sistema solar fotovoltaico. No entanto, é importante destacar que ele é praticamente o único também, já que o sistema opera de forma inassistida, sem custos diretos de operação, e com manutenção baixíssima. Além disso, os preços dos sistemas vêm caindo consistentemente, com custos por metro quadrado atingindo valores inferiores a outros materiais de revestimento.

Enquanto isso, o custo da energia elétrica convencional continua aumentando acima da inflação e pesando, cada vez mais, no bolso dos consumidores. Atualmente, o payback da tecnologia está em torno de 5 anos, gerando economia líquida aos consumidores por, pelo menos, 20 anos.

Diante destes fatos, passou a não fazer mais sentido projetar uma nova arquitetura sem levar em conta a energia solar. O melhor momento para pensar na integração dos sistemas é justamente durante a fase de concepção de projeto. Mas, para que a combinação entre tecnologia solar fotovoltaica e arquitetura resulte em soluções comprometidas, na mesma medida, com sua estética e seu desempenho elétrico, é fundamental que os projetistas se familiarizem com a tecnologia e conheçam os impactos de suas decisões.

Neste contexto, torna-se necessário a atuação em parceria. O trabalho realizado por uma equipe multidisciplinar tende a abordar diferentes aspectos de um projeto e pode ser o diferencial de uma empresa rumo ao sucesso.

É preciso, portanto, valorizar a bagagem, habilidades, experiências e competências que cada um traz e agrega a este trabalho, para incorporá-las com eficiência ao projeto em comum. Afinal de contas, o futuro da arquitetura é solar. E o futuro da energia solar está também na arquitetura.

Pesquise bem as empresas instaladoras de sistema fotovoltaico para depositar a sua confiança. Com parcerias de empresas sólidas do mercado internacional, a ITP traz para o Brasil a mais alta tecnologia e a qualidade dos melhores produtos para sua empresa gerar sua própria energia, inclusive novas tecnologias para manutenção e análise de rendimento das placas solares.

Conte com a ITP! A conexão com o seu futuro em energia solar.




Fonte: absolar.org.br
Autores:

Clarissa Debiazi Zomer – Fundadora da Arquitetando Energia Solar

Rodrigo Sauaia – CEO da ABSOLAR

Ronaldo Koloszuk – Presidente do Conselho de Administração da ABSOLAR

Faça um orçamento!

Economize até 95% na sua conta de energia!

Cadastre-se!

Fique por dentro das principais novidades.


A Plataforma PurplePier informa

A plataforma PurplePier é contra plágio, e cópia não autorizada de conteúdo, estimulamos a nossos usuários a criarem conteúdos originais.
Caso esse conteúdo infrinja algum direito autoral, clique aqui para denunciar.


Avaliação

Deixe sua avaliação
Comentários
0
Deixe seu comentário

Comentários

Faça parte da notícia, deixe seu comentário, expresse sua opinião.
E-mail protegido, também não gostamos de SPAM
Sua mensagem foi enviada com sucesso!

WhatsApp